sábado, 22 de agosto de 2009


REGRA DE OURO

Só com a idade, ao cabo da existência,
é que se chega, creio, a perceber,
em toda a sua lúcida evidência,
em que consiste a arte de viver.

Importa, antes do mais, reconhecer,
como se fruto fosse da ciência,
que é necessário procurar manter
até final o sol da adolescência.

Evite-se exprobrar a juventude,
por onde já passámos nós também,
pois ela deve ser como convém.

O mal mais grave da longevidade
é, face à natural decrepitude,
perder-se o ardor... da criatividade!

JOÃO DE CASTRO NUNES

2 comentários:

  1. AH, MEU AMIGO !
    A ARTE DE VIVER.
    TUDO 'SOMBRAS SOMENTE'.

    ResponderExcluir
  2. Bem vindo "Sombras"!

    Este tem na arte a arte...

    ResponderExcluir