terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Nada de Novo Debaixo do Sol


Ah, você está satisfeito! O Brasil ta uma maravilha! O Brasil ta bumbando na televisão!
E o mal feito, execrável abominável suavizado no Zorra Total!

Mas no dia-a-dia aqui bem perto os preços subindo, as dívidas aumentando, e o dinheiro, mesmo de plástico, sumindo.

Aqui bem pertinho, se precisar ir a pé e precisar de um doutor, doutor não terá em menos de seis meses!
Mas se até lá não morrer, quando chegar o seu dia e for até lá, que pena o doutor não veio e amanhã é vaga já é de outro, que terá o mesmo destino!

Há quem mame em chupeta de ouro, há quem usufrua as benesses que a fortuna pode
Comprar e quanto usufrui, quem tem dois bilhões de dólares, quais os tem muito bem guardados o senhor Luiz, que os ganhasse em oito anos?

Dois bilhões em oito anos convertidos em real, correspondem a um milhão duzentos e tanto por dia!

Mas assim do dia para a noite, Malaquias?
Como assim, da noite pro dia, Juvenal?
Oito anos se passaram! Em oito anos o senhor Luiz Inácio da Silva ganhou dois bilhões de dólares, mas graças ao numerólogo dele, que o aconselhou a adotar a prótese lula, durante uma rodada de números e cachaça, para compensar a amputação por inépcia de um dedo, que perdera para o torno, ao qual desafiara!

É, caro amigo Juvenal, parece que você tem razão!
O cara é mesmo muito bom! Dois Bi, das verdinhas, em mais de uma milha de reais por dia?
Cara, esse é bom mesmo!

E a prova irrefutável está sacramentada na herança genética que seu filho herdara, e os seus novecentos milhões de dólares de capita - bi e tanto de reais num é quarque um que garra, não!
Num é?

Mas em nome do respeito à vida e que à minha não quero melhor que a da formiga e pelas vidas sacrificadas pelo descaso de um caso de lesa humanidade e que a mídia refém da nossa caixa, do nosso banco, da nossa petro, da nossa casa, da nossa bolsa e da nossa vida não mostra!

Mas acolá ainda e cada vez mais um tira a vida do outro numa completa banalização da vida!
Mas bom seria se uma só maneira houvesse de tirar a vida, mas são tantos de uma só vez e aos poucos, para depois de consumada a morte da inteligência, reinarem os porcos!

Ah, sim! As crianças cristais estão chegando em todos os cantos! As crianças prodígios!
Os ricos vão ficando geniais e gordinhos e os pobres cada vez mais enfezados!

UAI, SÕ! Não era assim que haveria de ser? Com seria então pois 2.012?
Tudinho resolvido, tudo certinho...

UAI! Mas continua o roubo do dinheiro do povo, a fome, prossegue a mentirada, crescem os impostos, aumentam as dívidas e não há mesmo "NADA DE NOVO DEBAIXO DO SOL", como o dissera Kunaton, ao despertar da carne para o espírito!

Nada de Novo Debaixo do Sol, de cuja verdade ao homem moderno sequer cabe desta beleza de frase fazer uam canção!

Ainda bem que poderia sair uma dessas coisas dos tempos da estrela vermelha no peito! Ainda bem!

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir